Available courses

O papel da escola no atendimento ao estudante em tempos de pandemia; sofrimento psíquico, acolhimento e afeto; saúde mental e estratégias de enfrentamento

O papel da escola no atendimento ao estudante em tempos de pandemia; sofrimento psíquico, acolhimento e afeto; saúde mental e estratégias de enfrentamento.

Ferramentas de edição e gravação de videoaulas; planejamento e roteiro; produção e compartilhamento de vídeos; produção de materiais audiovisuais com fins educacionais.

Enriquecimento curricular para estudantes com altas habilidades/superdotação no contexto escolar; formação do autoconceito positivo, habilidades emocionais e práticas de desenvolvimento socioafetivo.

Reflexões e práticas de ensino para promoção da aprendizagem de estudantes com deficiência e/ou necessidades educacionais específicas; o papel da escola diante das demandas educacionais no contexto da pandemia.

Estratégias e práticas de ensino para estudantes da Educação Especial, com foco em alternativas para comunicação e aprendizagem.

Ajustes curriculares, registros e produção de materiais, visando à participação do aluno com deficiência por meio de proposições didáticas artísticas.

conceitos básicos sobre alimentação e nutrição; recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira (2ª edição); orientação para a escolha dos alimentos e planejamento de refeições saudáveis; obstáculos para uma alimentação saudável.

Ensino de História e os conteúdos essenciais; Patrimônio Histórico e Cultural e a educação patrimonial; visita técnica virtual: possibilidades em tempos de ensino remoto.

Conteúdos interdisciplinares na área de Linguagens (Arte, Educação Física, Língua Inglesa e Língua Portuguesa); possibilidades didático-pedagógicas fundamentadas na Pedagogia Histórico-Crítica.

Gestão democrática e participativa; educação para a democracia e participação como elementos centrais na qualidade educacional; relações entre protagonismo estudantil, participação na gestão democrática e aprendizagem escolar.

Conceitos e classificações da lógica interna e externa dos jogos e esportes, suas contribuições pedagógicas e possibilidades de articulação com a Pedagogia Histórico-Crítica.

Princípios e conceitos básicos da cultura indígena e a educação; educação indígena e realidade local do povo Terena de Araribá; trocas de experiências e enriquecimento às práticas sociais.

O papel da gestão escolar e da coordenação pedagógica na efetivação da Educação em Direitos Humanos, tema transversal do currículo escolar e um dos eixos do Plano Municipal de Educação de Bauru (2012-2022).

O papel da escola no atendimento ao estudante em tempos de pandemia; sofrimento psíquico, acolhimento e afeto; saúde mental e estratégias de enfrentamento

procedimentos administrativos no contexto da plataforma Secretaria Escolar Digital (SED): matrículas de alunos, geração de registro de aluno (RA), remanejamento de turmas, abertura de chamados etc.

Breve histórico do ensino de Ciências no Brasil; trabalho experimental e sua relevância à luz da Pedagogia Histórico-Crítica; Laboratório Didático Móvel (LDM) e as possibilidades para os trabalhos experimentais nos anos finais do Ensino Fundamental.

Breve histórico do ensino de Ciências no Brasil; trabalho experimental e sua relevância à luz da Pedagogia Histórico-Crítica; Laboratório Didático Móvel (LDM) e as possibilidades para os trabalhos experimentais nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Apresentação e produção do Kamishibai, teatro de papel do Japão, como elemento lúdico capaz de desenvolver situações de ensino e aprendizagem por meio da contação de histórias.

O desenvolvimento do pensamento e da linguagem e a periodização histórico-cultural; contribuições à prática pedagógica na educação infantil.

Reflexões acerca do planejamento e organização do trabalho pedagógico; possibilidades lúdicas para o ensino remoto em articulação com as áreas do conhecimento de acordo com a Proposta Pedagógica para a Educação Infantil.

O papel da literatura na práxis educativa a partir dos aportes teórico-metodológicos da Psicologia Histórico-Cultural e da Pedagogia Histórico-Crítica.

Desenvolvimento infantil; atividade dominante; relação ensino e aprendizagem; brincadeira de papéis; estrutura interna da brincadeira de papéis; neoformações; desenvolvimento da personalidade; intervenções pedagógicas.

A Proposta Pedagógica da Educação Infantil e o planejamento pedagógico fundamentado na Teoria Histórico-Cultural.

Educação ambiental na perspectiva histórico-crítica: fundamentos, conteúdos e prática pedagógica; possibilidades e desafios na inserção da educação ambiental crítica na educação infantil.

Matriz de referência e descritores; direitos de aprendizagem; orientações para a OMLPM 2021; análise e levantamento dos descritores e plano de ação que possibilite a apropriação dos conteúdos pertinentes.

Trabalho experimental e sua relevância no ensino de Ciências; Laboratório Didático Móvel (LDM) e as possibilidades para os trabalhos experimentais na Educação de Jovens e Adultos.

Recursos básicos do pacote Office (editor de textos e gerenciador de apresentação de slides) para fins educacionais.

Práticas avaliativas nas aulas de Educação Física do município de Bauru; articulações entre a matriz curricular de Educação Física e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Esta formação se justifica pela necessidade  de conhecer o IDEB, como o indicador de resultado na educação básica e como principal propositor de políticas educacionais. O indicador também contempla o monitoramento da qualidade da educação básica, tendo como pressuposto duas variáveis: fluxo escolar (taxas de aprovação, reprova e evasão) e médias de desempenho nas avaliações externas.

Alfabetização, letramento e o ensino da matemática; etapas do desenvolvimento da resolução de situações-problema; Atividade Orientadora de Ensino (AOE) como possibilidade de resolução de Situações-problema e desenvolvimento de conceitos científicos; intervenções e atividades práticas.

Problematização e instrumentalização de atividades que promovam o ensino, a aprendizagem e o desenvolvimento iminente da criança, por meio de constantes procedimentos de avaliação, com foco dos ajustes curriculares.